sábado, 8 de julho de 2017

POLÍCIA CIVIL APREENDE 60 QUILOS DE COCAÍNA DURANTE OPERAÇÃO NO MARAJÓ


Uma operação policial coordenada pela Polícia Civil, por meio da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), com apoio do Grupamento Fluvial de Segurança Pública e Comando de Operações Especiais (COE), resultou, ontem de madrugada, dia 7, na apreensão de 60 quilos de cocaína, um fuzil AR 556 com 31 munições e uma lancha em Ponta de Pedras, na ilha do Marajó. Francislei do Santos Leão foi preso em flagrante de posse das drogas. Outros três envolvidos no esquema de tráfico de drogas já haviam sido presos no sábado passado, dia 1º, em Belém. Eduardo da Silva Moura, de apelido Beá; Patrick Menezes Araújo e Anderson do Vale Lima já estão recolhidos no Sistema Penitenciário do Pará. 


As apreensões foram resultados da continuidade das investigações para desarticular o esquema de distribuição de drogas vindas de Tabatinga, no Amazonas, com destino à capital paraense, com passagem pelo Marajó. Segundo o delegado Hennison Jacob, titular da Denarc, a droga foi apreendida na ilha da Olaria, em Ponta de Pedras, na ilha do Marajó. A lancha foi localizada no furo do Rio Panema, também em Ponta de Pedras, às proximidades da ilha onde as drogas foram localizadas juntamente com a arma de fogo.  


Conforme o delegado, a apreensão foi resultado de investigação realizada pela equipe da Denarc. "Ao todo, o grupo de traficantes é formado por 12 pessoas. Existem outras três pessoas escondidas na mata em Ponta de Pedras", detalha o policial civil. Ele salienta que as investigações continuam para apreender o restante da droga e prender as outras três pessoas que atuam como "mulas" no transporte dos entorpecentes. Os presos foram transferidos ao Sistema Penitenciário e as drogas encaminhadas para perícia no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, em Belém.